28 de novembro de 2009

Promete?

Promete não achar bobagem, me ouvir, me entender e me consolar caso qualquer dia desses eu te ligar de madrugada chorando? Promete me dar a mão e enxugar meu rosto, sendo a pessoa mais sensata do mundo? Promete não achar estranhas as minhas mudanças repentinas de humor? Promete? Promete me amar? Promete?

1 comentários:

Jéssica do Vale. disse...

acho que te copiei esse texto $: